sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Reunião discute a implementação do projeto Educação Empreendedora no CDSA

Uma reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 6 de fevereiro, no Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG discutiu a implementação do projeto Educação Empreendedora nas Instituições de Ensino Superior neste centro de ensino.


A meta do projeto é promover a participação de professores na Formação Básica de Empreendedorismo e no programa Empretec do Sebrae, bem como, a participação de alunos de graduação em disciplinas de empreendedorismo, no Desafio Universitário Empreendedor e de alunos graduados e professores em um MBA sobre o tema em questão.

O projeto tem como objetivos a implantação e execução de um ciclo continuado de educação em empreendedorismo inovador na UFCG, a formação de professores e alunos em empreendedorismo, o aumento em quantidade e em qualidade do número de “times” no Desafio Universitário Empreendedor e incentivo à participação em empreendimentos inovadores. O público alvo do projeto são os professores da UFCG, alunos de graduação e pós-graduação.

Participaram da reunião, o diretor do CDSA, Vanderlan Leite, o coordenador geral do Programa de Estudos e Ações Para o Semiárido/UFCG (Peasa) e diretor adjunto da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, Vicente de Paulo Albuquerque Araújo. Também estiveram na reunião os coordenadores das unidades acadêmicas de Educação do Campo e de Tecnologia do Desenvolvimento, José Irelânio Leite e Vilma Maria Sudério, respectivamente, os coordenadores de cursos Robson Fernandes (Engenharia de Produção), Irivaldo Oliveira (Gestão Pública), socorro Silva (Educação do Campo) e Renato Isidro (Agroecologia), o professor Alex Bruno.

De acordo com a apresentação feita por Vicente Araújo, o projeto tem como pontos importantes a criação de uma ponte entre o arcabouço do empreendedorismo disponibilizado pelo SEBRAE e os alunos e professores da UFCG, a criação de um canal direto com estes alunos e professores, a utilização do material e de instrutores do SEBRAE para conferir uma padronização mínima do ensino e uma educação atualizada guiada por conceitos inovadores – se configurando como uma relação profícua entre as instituições e o proporcionamento de um alcance prático dos conceitos de empreendedorismo inovador complementando o aspecto teórico já existente. “A ideia é incentivar a criação da disciplina de empreendedorismo em alguns cursos que não tenha ou complementar o conteúdo das que já existem”.

O projeto seguirá com o seguinte cronograma para o Campus de Sumé: Workshops de Sensibilização – Manhãs de Empreendedorismo, previsto para o dia 13 de março próximo; Repasse pelo SEBRAE das Disciplinas de Empreendedorismo para professores, de 28 a 30 de abril, e, participação nos Cursos EMPRETEC para Professores, de 6 a 11 de outubro.

Rosenato Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário