quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Coordenações de Gestão Pública da UFCG e UFPB protocolam pedido de reconhecimento do curso no concurso da Prefeitura de Campina Grande

Na última segunda-feira (22), as coordenações dos cursos de Gestão Pública do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG e da UFPB protocolaram, após reunião com a presidente da comissão de concursos da Prefeitura de Campina Grande (PMCG), Iara Felício da Silva, um pedido cujo teor solicita o reconhecimento do curso de gestão pública para a seleção do Edital 01/2014, cargo de Fiscal de Tributos.

Segundo Iara Felício, a PMCG desconhecia a existência do curso de Gestão Pública, e que foi editada a Lei complementar n. 53/2011 que regulamenta os cargos da PMCG e que quanto ao cargo de Fiscal de Tributos foi exigida à época formação em administração, economia e direito.

“Ocorre que, com a nossa informação de que existe um curso de Gestão Pública no mercado, cujas atribuições se coadunam com o cargo referido, não vê problemas, no entanto, é preciso que a Procuradoria da PMCG tome conhecimento acerca do pleito e emita um parecer para a comissão”, disse o coordenador do curso de Gestão Pública do CDSA/UFCG, Irivaldo Oliveira.

“Dessa forma, nos dirigimos à sede da procuradoria do município onde entregamos nas mãos de Flávio José Lima Pereira - assessor da Procuradoria do Município, o nosso pedido para que seja reconhecido o curso de gestão para este concurso e os demais, mesmo porque o diploma só será exigido quando da posse no cargo”.

Segundo o coordenador de Gestão Pública do CDSA/UFCG, a orientação é que os egressos em gestão pública da UFPB e UFCG façam a inscrição, pois “o fundamento é bom baseado no reconhecimento pelo Conselho Federal de Administração em 2009 do curso de Tecnologia em Gestão Pública e pela Lei de Diretrizes e Base da Educação (LDB), bem como pelo próprio MEC como formação de nível superior”. “Precisamos quebrar essas barreiras divulgando o nosso curso, e abrindo novas oportunidades para nossos egressos”.


Rosenato Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário