quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Músico Queimadense morre no Rio de Janeiro vítima de acidente de carro

Rio - Um acidente envolvendo um microônibus e um carro deixou uma pessoa morta, no fim da noite de segunda-feira, na Autoestrada Lagoa-Barra, pista sentido Barra, na altura da Estrada do Joá, em São Conrado.
O músico Severino Ramos de Souza, mais conhecido como Raminho dos Teclados, de 33 anos, não resistiu ao forte impacto da batida e morreu dentro do próprio carro, um Siena prata, que teve uma das laterais bastante amassada. A vítima ainda foi atendida no local por bombeiros.

Por causa da colisão, a Autoestrada Lagoa-Barra foi interditada por mais de três horas. De acordo com informações, Raminho subiu em um canteiro da pista e ao acessar a via para o sentido Barra, teve o carro atingido pelo ônibus da empresa Três Amigos.

O Siena do músico foi arrastado por mais de 30 metros. Ele estava sozinho no carro e levava seu equipamento musical para tocar seresta sertaneja num bar da Rocinha, onde se apresentava quatro vezes na semana pela madrugada. O músico era bastante popular na região.

Raminho deixou um filho de oito anos e a esposa, que esteve no local ao saber do acidente.

“Liguei para o celular dele por volta de 0h15 e uma senhora me informou de sua morte. Ele iria tocar no meu bar, onde se apresenta há dois anos. Era um artista talentoso. Uma pena ter ido tão cedo”, afirmou Gilson Rodrigues, proprietário do Varandas Bar, onde Raminho iria tocar.

Duas amigas que passavam pelo local no momento do acidente contaram que o Corpo de Bombeiros demorou mais de 40 minutos para socorrer o rapaz. “O acidente aconteceu antes das 23h45, chamei os bombeiros por volta das 23h50 e só 0h30, eles chegaram para socorrer o músico, que não foi atendido como deveria. Era para terem levado ele para um hospital”, lembrou Cláudia Bueno.

Raminho, que era nordestino sua terra natal era queimadas na paraíba, morava na Freguesia, em Jacarepaguá, há 20 anos.

Severino Ramos (conhecido Raminhos dos Teclados) era de Queimadas, sitio Caracolzinho que residia atualmente na Freguesia, em Jacarepaguá, há 20 anos.


Fonte: O dia Rio

Nenhum comentário:

Postar um comentário