sábado, 22 de novembro de 2014

Assentados do Seridó buscam alternativas de renda não-agrícola e produzem pães e bolos

Devido à falta de água enfrentada pelos agricultores dos assentamentos de reforma agrária, alguns deles têm optado por alternativas de renda não-agrícola e nesta semana, inauguraram mais uma Unidade Demonstrativa de Beneficiamento de Alimentos, desta vez no Assentamento Olho D’Água, localizado no município do Seridó. O grupo “Sisaleiros do Seridó”, formado por 12 mulheres e dois homens, está produzindo pães, bolos e biscoitos, entre outros produtos de panificação, que devem ser comercializados dentro do próprio assentamento e em estabelecimentos comerciais da região. Na solenidade de inauguração foi exibido um vídeo contando a história do assentamento e do surgimento do grupo “Sisaleiros do Seridó”.

Como a fazenda onde os agricultores foram assentados pelo Incra-PB, era a maior produtora de sisal do Estado, os assentados criaram o grupo e começaram a produzir artesanato. Posteriormente, como a produção diminuiu, o grupo foi desativado, voltando a se reunir depois que a COONAP (Cooperativa de Trabalho Múltiplo e Apoio às Organizações de Autopromoção) passou a oferecer assessoria aos assentados. “O nome ‘Sisaleiros do Seridó’ foi mantido para resgatar a história do grupo”, explicou Claudino Castro, presidente da Associação do Assentamento Olho D’Água e um dos integrantes do grupo.

O presidente da COONAP, Jonas Marques, parabenizou os assentados e defendeu a união dos pequenos agricultores para a construção da perspectiva de um futuro melhor. Além do presidente da cooperativa, também estiveram presentes à solenidade o secretário municipal de Transportes, Albertino Figueiredo, que na oportunidade representou a prefeita Graciete Dantas, o representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Arnaldo Fernandes, e os técnicos da COONAP que prestam assessoria técnica, social e ambiental ao assentamento, Analúcia Sousa e Eriosvaldo Medeiros, além da assistente social também da cooperativa, Ana Cristina Oliveira.

Depois da inauguração da Unidade Demonstrativa de Beneficiamento de Alimentos, todos puderam conhecer as instalações da cozinha aonde os integrantes do grupo “Sisaleiros do Seridó” produzirão os alimentos. A solenidade foi encerrada com um lanche com produtos feitos por eles e a apresentação da cantoria do agricultor Albertino Pessoa.           

Karina Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário