quarta-feira, 8 de abril de 2015

Servidores protestam por melhores salários em Boqueirão


Os servidores da Saúde de Boqueirão fizeram um movimento em frente a Secretaria de Saúde, na manhã da última terça-feira (07) para cobrar reajuste salarial e urgência na implantação do PCCS da Saúde.

Segundo o Presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Boqueirão e Região (Sintabo) Freud Rego, os servidores da Saúde estão há mais de 36 meses sem reajuste em seus vencimentos. Freud frisou que a perda em seus contracheques gira em torno de 25%.

Outra reivindicação dos servidores é a urgência na implantação do PCCS da Saúde. “A Lei 8.142/90 diz no artigo 4º, inciso VI, que o prazo previsto para a implantação é de dois anos e a mais de cinco anos que o Sintabo tenta sensibilizar os gestores para a implantação do PCCS”, comentou o presidente da entidade.

Freud disse ainda que em Barra de Santana, o Plano foi votado e aprovado em seis meses, salientando que aquele município só tem oito mil habitantes, enquanto Boqueirão ultrapassa os 17 mil habitantes.
 

 
 
O movimento dos servidores teve início em frente a Secretaria da Saúde e caminhou para a Prefeitura e em seguida para a sede do Sindicato.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário