segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Homem mata convidado a facadas em festa na sua casa

Enéas Dionísio de Souza - Acusado de homicídio

Em princípio o acusado informou que “alguém estranho entrou na casa e cometeu o crime”, mas depois confessou o crime.

Por volta de 01h30 deste domingo (24/01), Sidcley Ferreira da Silva, 40 anos, foi encontrado morto dentro de um quarto da residência de Enéas Dionísio de Souza na comunidade “Ferraz”, em Queimadas.

Enéas disse aos policiais que Sidcley foi esfaqueado durante uma festa na casa, mas não viu quem foi e ninguém viu quem foi. Relatório da PM informa que a vítima estava num quarto e apresentava perfurações de faca.

A equipe do delegado Eduardo Almeida Ribeiro (agentes Saulo Ramos, Marcos Cabral e Geysa Dantas) foi ao local e mesmo diante do “ninguém viu quem matou”, prendeu em flagrante o acusado que é justamente o dono da residência. Enéas Dionísio confessou o crime e disse que assassinou Sidcley, pois ele (a vítima) tinha “tirado gracinha e mexido com a mulher dele” (do acusado).

Em princípio o acusado informou que “alguém estranho entrou na casa e cometeu o crime”, porém o delegado e os agentes não encontraram subsídios para esta hipótese. Durante interrogatório, “Eneás ficou nervoso, caiu em contradições e acabou confessando”, disse o delegado Eduardo.

Na bebedeira, vítima, acusado e outros presentes tomaram seis litros de Pitú, descobriu a PC.
Queimadas Acontece

Lamartinne Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário