sábado, 2 de julho de 2016

Mulheres na liderança

Liderar é uma habilidade característica da mulher, afinal, ela lidera a família e a casa, com maestria.

Sabe-se que não fora alcançado o equilíbrio do número de mulheres e homens à frente de empresas de grande porte, multinacionais, em contrapartida, a corrida de mulheres abrindo seu pequeno negócio caminha à frente, dos homens.

É questão de tempo que adentrem ao comando de grandes empresas, haja vista, está prematura a tomada de decisão da mulher em se inserir no mercado do trabalho, que outrora, era restrito ao homem e esse é um processo gradativo, conquistado passo a passo, dentro de uma hierarquia cultural de cada empresa, com a soma de conhecimento, e, inclusive, as mulheres continuam a reverter as desigualdades com relação aos homens na educação, principalmente nos bancos de Universidades.

Você mulher que tem preconceito em ser liderada por mulheres é recomendável começar a trabalhar essa atitude, para que não seja prejudicada, na sua carreira profissional.

As mulheres competentes, que carregam em si uma bagagem de conhecimento e está colaborando positivamente com sua empresa, deve se preparar para o sim, no momento em que a oportunidade chegar. As que não agirem assim, irão perder seu cavalo celado e continuarem com atitudes previsíveis, ordinárias.

Aos homens que carregam forte resistência em adaptar-se com a liderança feminina, também, comece a trabalhar essa mudança em seu comportamento, para prevenir-se da súbita surpresa de ser liderado por uma mulher e esse conflito interno venha a influenciar na sua produtividade na empresa, podendo ser conduzido a uma possível demissão da equipe.

Todavia, o indicativo para quem resta com crenças paternalistas contrárias à participação da mulher na linha de cima das grandes empresas, quem teima em preservar esse preconceito fingido é adaptar-se o mais breve pelas comprovações estatísticas de estudos científicos do avanço das mulheres nas últimas décadas.

De acordo com Bruschini e Lombardi (2000, p. 01) houve mudanças expressivas no mercado de Trabalho no Brasil: a presença considerável das mulheres em ocupações que requer alto nível de conhecimento, nos grandes centros foi consideravelmente estendida e a tendência é ser acompanhada pelas outras regiões.

Não está muito às claras, para quem não tem interesse no assunto, mas, o processo de evolução da produtividade da mulher em cargos elevados nas empresas, caminhou com bastante força entre 2003 e 2011, quiçá com o avanço de 5 anos mais, nos quais começa a superar os homens, o número de mulheres em idade ativa, nas áreas metropolitanas de todas as regiões do país, conforme indicativos do IBGE em abril de 2015.

Todos esses estudos garantem o futuro da mulher no pódio, seja, com a criação do seu próprio negócio, seja, na hierarquia da empresa de pequeno, médio e até grande porte, o trono será dela, que emana características comportamentais de quem lidera com eficácia empresarial, vendedora, e, sobretudo, humanista. Porque mulher entende como lidar com gente.

Rita Bizerra – Licenciada em Letras pelas FIPs de PATOS/PB, onde se Especializou em Língua, Linguística e Literatura. Especializou-se em Jornalismo Político, Econômico e Assessoria de Imprensa em João Pessoa e fez MBA em Gestão de Negócios pela Universidade Potiguar. Mestre em Comunicação Social e Marketing, pelas Faculdades do Rio. Foi Empresária na área Supermercadista por quinze anos e desde 2008 trabalha com jornalismo, escrevendo para “Brazilian Press” de New Jerssy/EUA, foi editora geral do Paraíba Urgente, por 3 anos. Atualmente é Colunista de OPBNews, Empreendedora Digital e escritora com 5 livros publicados.     Rita Bizerra-Jornalista DRT- 3336/PB   

Contatos: +55 83 9 8681 2319
https://www.facebook.com/figurapublicaritabizerra
https://www.facebook.com/ritabizerraescritora/
ritaescritora@gmail.com

http://paraibamulhermacho.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário