terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Chave 2 # O Fracasso...

No percurso em direção à realização do nosso Sonho, construiremos uma história, aonde terão momentos muito difíceis e outros menos difíceis, mas, deveremos ter a ciência de que experimentar o fracasso é fundamental para se avançar com mais coragem de vencer.

Se você observar a trajetória das pessoas de sucesso, você verá quantos momentos de fracasso eles sobreviveram, para reconhecer a necessidade de seguir.

É bem verdade que, a maioria de nós, ver o fracasso como uma derrota, uma coisa, a qual, se deve ter muito medo e não é bem assim, ninguém chega aonde quer, sem experimentar o fracasso. Ninguém acerta da primeira vez.

Não devemos correr do fracasso, tampouco, nos desesperarmos se o fracasso nos pegar de surpresa, em meio à nossa jornada.

O mais correto é avaliar o erro que nos levou até ele e jogá-lo na mochila do aprendizado para seguirmos. Resolver o que tem que ser resolvido e retomar o caminho com a experiência.

Segundo o meu futuro Mentor Conrado existem dois tipos de fracasso: o espetacular e o apoteótico. Este é quando você quebra a empresa, desce junto com ela e vai para o fundo do poço. Aquele é quando se quebra a empresa e fica sem nada, porém, fica de pé, entende¿

Falando em Fundo do Poço, eu já estive lá e aprendi que em um dado momento, se você não tiver um “por que” muito forte para sair de lá, até se acomoda. É um lugar em que as pessoas não se importa mais com você, ignoram você.

Acontece da seguinte forma. Quando as pessoas percebem a nossa queda começam jogar pedras, lixos, humilhar e cada vez mais estaremos afundando. Só que alcançamos um estágio, em que essas pessoas começam ignorar a nossa presença. Quem já ouviu o presságio: “Não se bate em cachorro morto”.

A estratégia mais viável é que utilizemos o que jogaram sobre nós, para degraus em nosso retorno. Mas, sem revolta, sem ressentimentos, porque esses passos já são vitórias e o nosso tempo é muito precioso para que gastemos com sentimentos ruins, quando o nosso desejo é um salto de qualidade para nossa vida. O que não ajuda, não merece a nossa atenção.

O retorno silencioso é prazeroso e compensável para você. Imagina de repente aquelas pessoas que humilharam você e até se sentiu confortavelmente superior, olhando a sua queda, sem esperar perceber que você se reinventou e se encontra do lado delas e ou um passo à frente delas. Quão surpresa irão ficar!¿

Então, o meu intuito é fazer com que acredite que não há razão para ter medo do fracasso. Isso só fará retardar a sua vitória.

Faça o que tem que ser feito e se você se esbarrar com o fracasso, saiba que está próximo do sucesso. Está a um passo de realizar o seu grande sonho, basta teimar.

Beijo no coração!

Rita Bizerra – Licenciada em Letras pelas FIPs de PATOS/PB, onde se Especializou em Língua, Linguística e Literatura. Especializou-se em Jornalismo Político, Econômico e Assessoria de Imprensa em João Pessoa e fez MBA em Gestão de Negócios pela Universidade Potiguar. Mestre em Comunicação Social e Marketing, pelas Faculdades do Rio. Foi Empresária na área Supermercadista por quinze anos e desde 2008 trabalha com jornalismo, escrevendo para “Brazilian Press” de New Jerssy/EUA, foi editora geral do Paraíba Urgente, por 3 anos. Atualmente é Colunista de OPBNews, Paraíba Notícias, Folha Carirí, Empreendedora Digital e escritora com 5 livros publicados.     Rita Bizerra-Jornalista DRT- 3336/PB   
Contatos: +55 83 9 8681 2319
https://www.facebook.com/figurapublicaritabizerra
https://www.facebook.com/planoaparamulheres/ ritaescritora@gmail.com
#espacomulherarretada

#escolamulhervalente

Mindset empreendedor

Plano “A” para mulheres

Decisão...

Meu Público Alvo...

Mulheres na liderança

Nenhum comentário:

Postar um comentário