segunda-feira, 24 de março de 2014

Vital acha “muito possível” união da base no 1º turno, em favor de uma única candidatura a governador na Paraíba

O Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) afirmou na manhã deste domingo (23) que acha “muito possível” uma união dos partidos da base de oposição ao Governo do Estado, no primeiro turno da eleição na Paraíba. Segundo ele, há uma compreensão de todos os partidos que apoiam a presidente Dilma na Paraíba para formar uma “chapa forte, bem representativa, já no primeiro turno”.

Ele citou os avanços do Diretório do Partido dos Trabalhadores da Paraíba nos últimos dias, o que torna possível uma aliança entre PMDB e PT já no primeiro turno, a depender da decisão que será tomada pelo PT no próximo dia 12. “Mas, até lá, o objetivo do PMDB é o de unir todos os partidos da base de sustentação da presidente Dilma na Paraíba, que deve ser o elemento de convergência, neste momento”.

Além do PT, Vital citou o PP, o PSC e o PR como legendas que deverão se alinhar em torno de uma candidatura única na Paraíba. “Há um espírito muito aberto entre estas legendas para isso. São partidos que podem marchar juntos, a depender de uma distribuição representativa na chapa majoritária”, afirmou Vital.

O senador disse que é preciso o fortalecimento da chapa majoritária da oposição, agregando ainda mais valor à disputa. “Precisamos fortalecer a majoritária com nomes que agreguem à pré-candidatura de Veneziano. Para isso, vamos consultar todos os partidos para as composições que se fizerem necessárias”.

Ele também destacou a preocupação dos partidos em relação à formação das alianças para a disputa proporcional. “Entendo que estes partidos aliados podem fazer uma bancada expressamente majoritária na Assembleia Legislativa. Nestes partidos há nomes que vão disputar a reeleição ou que podem estar presentes na chapa majoritária”.

Segundo Vital, as pré-candidaturas proporcionais destes partidos são “fortíssimas”. “No PMDB, por exemplo, o cenário nos favorecerá uma forte chapa, ainda mais com a presença de José Maranhão disputando a Câmara Federal, com todo o histórico político que ele tem. Da mesma forma, as outras legendas tem nomes muito fortes, pois são políticos que estão no exercício de seus mandatos ou que estarão lado a lado na disputa com Veneziano”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário