sexta-feira, 18 de julho de 2014

Projeto do CDSA realiza diagnóstico de condições de trabalho dos catadores do lixão em Sumé

A equipe do projeto “Implantação do programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) dos catadores de resíduos sólidos da cidade de Sumé-PB para valorização humana” do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG realizou nesta quinta-feira (17 de julho) a aplicação de questionários motivacional e socioeconômico junto aos catadores do lixão em Sumé com o objetivo de conhecer as condições de trabalho desses trabalhadores.

A ação foi feita na sala de reuniões do CDSA através de uma dinâmica de acolhida com participação da equipe do projeto (coordenador do projeto, professor Robson Fernandes, membros da Empresa Junior de Engenharia de Produção – ProdUP) e participação do vice-diretor do Centro, Marcus Bessa de Menezes.

Na oportunidade também foi oferecido um lanche coletivo para os catadores e participantes do projeto como forma de integração de todos os envolvidos, com o apoio da Panificadora Dona Bina, da Distribuidora de Bebidas Nunes e da Empresa Junior de Engenharia de Produção – ProdUP.

O projeto tem como objetivos realizar o diagnóstico das condições de trabalho dos catadores, orientá-los sobre os riscos inerentes da atividade e a grande relevância da utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI’s) para a prevenção de doenças; capacitá-los quanto à higiene e segurança do trabalho, educação financeira familiar e educação ambiental; promover palestras práticas sobre motivação/autoestima e a importância das atividades que realizam; realizar visitas semanais ao local de trabalho para o acompanhamento das atividades desenvolvidas por eles; desenvolver atividades de lazer e recreação, mensalmente; envolver mais efetivamente a Unidade de Tecnologia do Desenvolvimento do CDSA (UATEC) nas ações voltadas para os catadores do lixão e, promover a organização do grupo como forma de Associação ou Cooperativa.

O próximo passo do projeto será a organização de um dia de saúde para os catadores e providenciar a distribuição Equipamento de Proteção Individual (EPI’s) para eles.

Rosenato Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário